Guia Prático para a Segurança em Casa - De olho nas crianças


Para que você possa atravessar esse período de isolamento social com segurança, o SENAC / RJ preparou algumas dicas divididas em 5 temas para ajudá-lo a permanecer em casa e prevenir os diferentes tipos de acidentes que possam acontecer.  Assim, além de tornar sua casa ou apartamento um local mais seguro, você evita possíveis idas aos hospitais, clínicas e postos de saúde, que estão sobrecarregados nesse momento. Neste artigo é abordado o tema:

De olho nas crianças 

Quem tem urna ou mais crianças em casa, sejam grandes ou pequenas, sabe que basta tirar o olho delas por um minutinho para o cenário todo mudar. Por isso, além da atenção diária e da manutenção da rotina, em tempos de isolamento social, vale a pena verificar a casa procurando "armadilhas" que podem nos surpreender.

Dê uma geral em cada cômodo com bastante atenção e localize os chamados riscos potenciais. Veja abaixo algumas dicas que separamos para orientar você nessa tarefa: 

  • Coloque protetores nas portas para evitar que elas se fechem prendendo a mão ou os dedos da criança;
  • Bastam 2,5 cm de agua para uma criança se afogar. Sendo assim, verifique baldes, bacias, banheiras, tanques, vasos sanitários e piscinas sem proteção adequada. Nunca deixe uma criança perto da água sem supervisão, por menor que seja o período de tempo.;
  • Antes do banho, teste a temperatura da água da banheira com a parte interna do cotovelo;
  • Não deixe remédios ao alcance de crianças. Mesmo se optar por colocá-los em uma parte mais alta do armário, por exemplo, assegure-se de que sejam de difícil acesso. Também é importante não fazer associações entre medicamentos e balas e doces, pois isso confunde a criança;
  • Não coloque produtos de limpeza na parte de baixo de pias e armários, nem reaproveite embalagens de alimentos, como sorvetes, sucos e refrigerantes, para acondiciona-los;
  • Instale grades de proteção nas janelas, sacadas e mezaninos. Verifique se estão presas corretamente, sem puídos ou rasgos;
  • Não deixe cadeiras, bancos, banquetas e camas perto das janelas, pois as crianças podem escalar e se debruçar sobre o parapeito, com alto risco de queda;
  • ;Tome cuidado com chão liso e tapetes. Aplique antiderrapantes para evitar escorregões e não use cera;
  • Escadas, sacadas e lajes não são espaços de lazer. Não deixe as crianças sozinhas e sem supervisão nesses locais;
  • Ao trocar a fralda de um bebé, mantenha sempre uma mão sobre seu corpo, segurando-o firme para que não role. Nunca deixe um bebê sozinho sobre a cama, trocador, sofá ou outros móveis, mesmo que por um instante.;
  • Proteja as tomadas com protetores específicos;
  • Não deixe carregadores conectados nas tomadas sem que estejam ligados aos seus respectivos aparelhos. A criança pode levar o fio energizado à boca. Queimaduras elétricas podem ser graves, expondo a criança ao risco de morte e sequelas.;
  • Os brinquedos devem ser grandes o bastante para não serem engolidos e resistentes para que não se quebrem em pedaços pequenos. Não devem ter pontas nem arestas agudas. Opte por aqueles com quinas arredondadas, de material liso e atóxico.;

Todos temas aqui:

Compartilhe


Dados do artigo


Qtde. Acessos
70
Fonte
Recebido por e-mail
Autor(ers)
SENAC / RJ, Christiane Sena, Marcos Lima, Rosivany Auxiliadora Gomes, Yuri Borges
Criado
20/05/2020 09:45
Categorais