Acessos Temporários com Madeira - Escadas de Uso Individual

Os acessos temporários de madeira utilizados na indústria da construção são superfícies de passagens para trânsito de pessoas de um local para outro. Se forem construídos inadequadamente, podem levar seus usuários a riscos de acidentes do trabalho.

Visando contribuir para a melhoria das condições de segurança nos canteiros de obras, este artigo tem por objetivo facilitar o entendimento e fornecer os procedimentos técnicos seguros para a construção, a utilização, o transporte e a manutenção dos acessos temporários para trânsito de pessoas.

1. Recomendações Gerais

As recomendações a seguir aplicam-se aos quatro tipos de acessos temporários de madeira mais utilizados na indústria da construção: escada de uso individual, escada de uso coletivo, rampas e passarelas.

  • Na construção de acessos temporários de madeira observam-se cuidados especiais com a madeira a ser utilizada, que deverá ser de boa qualidade, estar completamente seca, e não apresentar nós e rachaduras que venham a comprometer sua estabilidade;
  • Para a conservação de escadas, rampas e passarelas recomenda-se, de preferência, aplicar duas demãos de verniz claro ou óleo de linhaça quente. É proibida a pintura com tinta, pois ela poderia encobrir nós, rachaduras e eventuais defeitos da madeira;
  • Para a manutenção de condições seguras de uso, recomendamse inspeções freqüentes nos acessos temporários de madeira;
  • Na utilização dos acessos temporários de madeira, efetuar a limpeza do solado dos calçados quando estiverem sujos e/ou impregnados com quaisquer materiais que possam provocar escorregões;
  • As superfícies de passagem deverão ser dotadas de sistema antiderrapante para evitar que o trabalhador escorregue – chanfros, fitas adesivas antiderrapantes, ranhuras, réguas, frisos, entre outros, devem ser adequados a cada tipo de superfície de passagem (escadas (degraus), rampas e passarelas);
  • As partes estruturais das superfícies de passagem que serão tocadas pelas mãos dos trabalhadores (montantes das escadas de uso individual (de mão), corrimão das rampas, passarelas e escadas de uso coletivo) devem ser lixadas de maneira a não provocar ferimentos por farpas, rebarbas ou imperfeições;
  • Os acessos temporários de madeira devem estar devidamente fixados, para que haja garantia de estabilidade;
  • Somente trabalhadores qualificados devem construir os acessos temporários de madeira, para que sejam bem executados, duráveis e seguros.

2. Escadas de Uso Individual (de mão)

Seu uso deve ficar restrito a acessos provisórios e serviços de pequeno porte. A utilização freqüente e sua construção de forma inadequada podem levar a acidentes de trabalho.

Acidentes poderiam ser evitados se as escadas de uso individual fossem construídas de acordo com projetos e especificações técnicas, portanto, recomendamos alguns detalhes construtivos que precisam ser seguidos, a fim de garantir a segurança do trabalhador quando de sua construção, uso, transporte e manutenção.

2.1 Construção

  • Os degraus devem ser rígidos e fixados nos montantes por meio de dois pregos de cada lado da travessam com cavilhas de 3,5 x 2,5 cm (três e meio centímetros por dois e meio centímetros), ou outro meio que garanta sua rigidez;
  • Os degraus das escadas de uso individual devem ser uniformes, com um espaçamento constante de no mínimo 0,25 m (vinte e cinco centímetros) e no máximo de 0,30 m (trinta centímetros), sendo ideal o espaçamento de 0,28 m (vinte e outro centímetros);
  • Os degraus devem ser antiderrapante, com dimensões de 2,5 cm x 7,0 cm (dois e meio centímetros por sete centímetros).

Os montantes devem ser peças de 3,5 cm (três e meio centímetros) por 10 cm (dez centímetros) e o comprimento de 7,00 m (sete metros), em peças retas e sem emendas.

  • É indispensável que os montantes fiquem paralelos, com um espaçamento entre 0,45 m (quarenta e cinco centímetros) e 0,55 m (cinqüenta e cinco centímetros)

2.2 Utilização

  • Verificar sempre se o comprimento da escada é compatível com o desnível a ser alcançado, de tal modo que obedeça a inclinação adequada e o prolongamento de 1,00 m (um metro) acima do ponto de apoio superior.

  • As escadas devem ser posicionadas sempre em pisos horizontais, planos e resistentes, garantindo sua perfeita estabilidade;

  • Para escadas de uso individual de comprimento superior a 4,00 m, recomenda-se que sejam levantadas por duas pessoas com o auxílio de uma corda amarrada no último degrau;

  • Para maior segurança na utilização de escadas de mão, é preciso que sejam fixadas ao solo na sua base inferior e amarradas o na sua parte superior.

  • Ao usar escadas de mão em locais de circulação de pessoas e veículos, o local deve ser devidamente isolado e sinalizado para alertar contra possíveis choques, impactos etc.;
  • A escada de mão deve ser utilizada por grupos de até 20 trabalhadores que necessitam vencer um desnível, sendo permitido o seu uso apenas por uma pessoa de cada vez e sempre que posicionada de frente para a escada;

  • Caso haja necessidade de alcançar um desnível superior a 6 metros com o uso de escadas de uso individual, recomenda-se a construção de uma base sólida com plataforma intermediária, na qual será fixada a base da escada a uma altura suficiente para alcançar o nível desejado;
     

  • Ao necessitar transportar materiais e/ou ferramentas quando do uso da escada de mão, estes devem ser levados em bainhas, sacolas ou içados por meio de corda e roldana, para que as mãos fiquem livres para segurar nos montantes;


2.3 Transporte

  • As escadas de uso individual devem ser transportadas horizontalmente, de tal modo que não provoquem choques contra pessoas e obstáculos;

  • As escadas de uso individual transportadas por uma só pessoa devem ter sua parte superior levantada a uma altura superior à de uma pessoa;


2.4 Manutenção

  • As escadas devem ser guardadas horizontalmente, livres da ação de intempéries e sustentadas por suportes fixos na parede;

  • Para as de escadas compridas recomendam-se pelo menos três pontos fixos na parede; 

  • Quedas e pancadas nas escadas durante sua utilização devem ser evitadas, para não provocar danos ao material; 
  • Sempre inspecionar as escadas antes de seu uso e instalação.

 



Dados do artigo


Fonte:
Engenharia de Segurança do Trabalho na Indústria da Construção - FUNDACENTRO
Qtde. Acessos:
2385
  Seções:  

  Palavras-chave:  
  Criado:  
3/8/2015 5:40:02 PM

Compartilhe


Sobre


Somos um site sobre
Segurança do Trabalho,
SESMT e
assuntos relacionados.

O nosso conteúdo
na grande maioria é
obtida na internet.

Redes Sociais