Proteja sua coluna

Há duas categorias de trabalhadores: administrativos e operacionais, que se dividem de acordo com a realização de suas atividades ou tarefas, conforme o quadro abaixo:

  • Esforços: Peso, distância percorrida, força, repetitividade;
  • Posturas: Estática (sentado), dinâmica (em pé, caminhando, agachando etc);
  • Carga Mental: Responsabilidades, decisões, precisão etc;
  • Riscos: Físicos, químico, biológicos, ambientais etc.


Ao exercer qualquer tipo de atividade utilizamos nosso corpo e mente para cumpri-las da melhor forma possível.

E para manter-se saudável, vários fatores devem ser considerados: constituição física e mental do indivíduo; fatores genéticos, hereditários e da idade; exposição a fatores de risco; fatores econômicos, educacionais e sociais.

O QUE É IMPORTANTE SABER PARA SE PREVENIR?

DORES LOMBARES

Uma das patologias mais comuns na população mundial é a dor lombar. (60%) tem origem em problemas musculares, causados por retrações dos músculos devido à má postura, esforço físico, movimentos repetitivos, levantamento de peso e predisposição genética, que podem levar aos desvios ao lado. A falta de um bom condicionamento físico tem sido relacionada à dor lombar, principalmente em sua forma crônica, sendo o sedentarismo indicador de risco em ambos os sexos.

 

{anexo}000037{/anexo} {anexo}000038{/anexo} {anexo}000039{/anexo}
Cifose Desvio posterior da coluna Escoliose Desvio lateral da coluna Hiperlordose Desvio anterior


2. HÉRNIA DE DISCO

Outra vilã da coluna vertebral e deaparecimento frequente entre os trabalhadores. Trata-se de uma lesão produzida pela degeneração do disco intervertebral, por uma compressão e irritação das estruturas ao redor.

Causas: Mecanismo de  exão, extensão associada ao constante carregamento de peso; movimentos de rotação da coluna com impacto associado; atro¬a da musculatura paravertebral lombar.
Sintomas: Dor súbita ou gradual; irradiada para as pernas, geralmente unilateral; di-culdades de movimentação do tronco e dor ao caminhar; sensações de mudança de sensibilidade na região da nádega, virilha e região posterior da coxa.
 

{anexo}000040{/anexo}
Hérnia


3. CARREGAMENTO DE PESO

Uma das principais queixas para manusear e movimentar cargas pesadas é a dor lombar. A incidência é responsável pelas altas taxas de absenteísmo, pela incapacidade precoce e desgaste excessivo dos trabalhadores. O limite de peso recomendado para um indivíduo é de 23 kg. No entanto, se o carregamento for constante e diário esta regra não é válida, pois ao longo do tempo, os trabalhadores podem apresentar queixas. O ideal é que ocorra um estudo ergonômico e seja feita adequação dos postos de trabalho com dispositivos que facilitem o carregamento. Se o levantamento da carga for esporádico deve ser realizado da seguinte forma:

 

{anexo}000041{/anexo} {anexo}000042{/anexo} {anexo}000043{/anexo} {anexo}000044{/anexo} {anexo}000045{/anexo}
Peso - 1 Peso - 2 Peso - 3 Peso - 4 Peso - 5


4. TENDINITES

LER (Lesões por Esforços Repetitivos) ou DORT (Disfunção Osteo-muscular Relacionada ao Trabalho) são lesões no sistema músculo-esquelético pela utilização excessiva e incorreta dos membros superiores associada a não recuperação do músculo ou tendão.

Sintomas: A dor inicia lentamente e torna-se intensa e contínua; parestesia; sensação de peso e fadiga no pescoço e braços prejudicando a produtividade e o sono.
Causas: são multicausais e interagem com o trabalho. Não há um único fator de risco.
Fatores Físicos: movimento repetitivo excessivo; força muscular exagerada; postura estática prolongada ou incorreta.
Fatores Organizacionais: problemas de comunicação com che¬a e colegas; ausência de rodízios e pausas; inadequação do posto de trabalho; ritmo acelerado; jornadas prolongadas, horas extras.
Fatores Psicossociais: ansiedade, depressão e estresse, ausência de autonomia, pressões cotidianas, perfeccionismo, carreira e ambiente de trabalho.

5. O TRABALHO SENTADO E A POSTURA ESTÁTICA

Permanecer sentado por horas numa postura estática causa dores e problemas na coluna. Para amenizar as tensões decorrentes desta postura, faça pequenos intervalos a cada 2 horas, levante-se para realizar alongamentos, beber água, e siga as recomendações abaixo:

  1. Ajuste a altura da cadeira para que o braço fique apoiado no tampo da mesa;
  2. Mantenha os braços próximos ao corpo em um ângulo de 90 graus;
  3. Os punhos ¬cam em posição reta, sem dobrá-los;
  4. Mantenha os ombros relaxados;
  5. Mantenha a lombar bem apoiada na cadeira;
  6. Os pés devem fi¬car apoiados no chão ou em um suporte;
  7. A distância entre o monitor e os olhos deve ser de 60 cm a 70 cm;
  8. O topo do monitor deve ficar na altura dos olhos; ou use suporte. Pre¬fira tela plana;
  9. Mantenha as pernas num ângulo em que as dobras dos joelhos -quem afastadas do assento;
  10. Deixe um espaço livre entre a mesa e as pernas.

{anexo}000046{/anexo}
 

Artigos Correspondentes


Dados do artigo


Fonte:
Recebido por e-mail
Qtde. Acessos:
4259
  Seções:  

  Palavras-chave:  
  Criado:  
6/25/2011 12:00:00 AM

Compartilhe